quarta-feira, 3 de março de 2010

me destraio, Me desfaço.


escrevo sobre min , feito poeta decadente , feito musico sem instrumentos... eu me desfarço desencaixo, me destraio, Me desfaço.


Eu estava esperando demais das pessoas que menos poderiam me ofereçer algo ou o mesmo a elas , sim eu fui e sou até muito insensivel , não me preocupei com os suas fraquezas com suas angustias. eu sempre não me importei comigo , isso é o meu mal , eu nunca liguei para meus sentimentos e para tudo que me tanto sufocava. esse é o meu erro;
acabo esperando tanto das pessoas , que acabo me ferindo e pouco se importanto comigo , sim , hoje na aula de historia olhava lá bem longe um hospital com varios pacientes em crise ou carros e lojas , uns tentando chegar outros ja chegaram.... e no momento que me pego neste pensamento o professor de historia continuava a falar sobre a geração humana.E mesmo estando naquela sala sólida , poderia perçeber que meu pensamento não estava naquele momento lá ... no entando a explicação acabou , copiei as perguntas e quando fui responde-las , cadê a resposta? alias o que seria a resposta daquelas perguntas ? com tantos pensamentos negligentes não ouvi a explicação , adoraria escrever mais , agora estou a procura das respostas para todas as perguntas , agora da historia da MINHA suposta VIDA;

10 comentários:

Babih Xavier disse...

E só de procurar as respostas jah faz de você alguém vitoriosa... e esperar demais da pessoas é um crime, acabamos tirando deles o direito de errar \o

Maldito disse...

Pois nao pare de escrever,..alimenta a alma!

I. disse...

será que a vida teria graça se a gente ñ tivesse problemas ou fases ruins? =************************* muá

Ana Carvalho disse...

muitas vezes a resposta está na própria pergunta. pirar faz parte.
amo suas fotos.
beijos

Buba. disse...

Nunca deixe de escrever, e escreva sobre o que quiser... Faz parte da vida, de quem sabe viver..

sarah disse...

As vezes colocamos nossa expectativa nas pessoas e no que elas tem a nos oferecer que quando nos magoamos ou nos frustramos pensamos que será o fim.

tenha como decepções sua arma pra continuar lutando para aquilo que tu alma desejas.
você é especial, não se esqueça disso!

bjs

Duanny!. disse...

E algumas coisas nem são como deveriam ser. Ingratidão dessa coisinha chamada vida, que tem um casinho com o tempo, pra matar a vontade que o peito explodir!

Achei lindo, o seu texto!
muito bom! ♥

Ana Carvalho disse...

já disse que adoro essa foto?
beijos

Juliana Oliveira disse...

- Amo as coisas que escreve. Temos muito em comum, Bjus_*_

Stéphanie Angel Lopes . disse...

mt boom *--*

beiijoos colega ;*